Tudo o que você precisa saber sobre Deportivo Lara x Corinthians — Libertadores

Timão recebe o Millonarios na Arena no dia 24

Na oportunidade, o comandante alvinegro escalou a mesma equipe para encarar o São Paulo, duas vezes, pela semifinal do Paulistão, o Internacional, pela Copa do Brasil, e a Ponte Preta, pela grande final estadual. A igualdade veio justamente na campanha da Libertadores da qual o torcedor corintiano tem a sua melhor lembrança. "As equipes que vieram aqui sofreram um pouco, principalmente aquelas que tentaram sair jogando", afirmou o técnico. O treinador do Corinthians indicou receio quanto às possíveis atitudes da arquibancada adversária, mas afastou problemas com a pressão externa de se jogar fora de casa. No mesmo horário, o Millonarios, que soma quatro pontos, recebe o Independiente, dono de seis pontos.

Segundo a direção do Corinthians, o contrato já está nas mãos dos advogados do treinador e por esse motivo, acreditam que as chances de Carille deixar a equipe, são verdadeiras.

"É um campo mais fofo, com algumas falhas". Mas a gente já tinha observado isso pelos vídeos, então já fomos preparando nossos jogadores para não jogar bonito toda hora”, avisou Carille. Vale destacar que, na Arena em Itaquera, o Timão venceu o Deportivo Lara por 2 a 0, no último dia 14 de março. Campeão do Torneio Apertura de 2011, o Deportivo Lara conseguiu vencer o Newell´s Old Boys em casa por 2 a 1 e arrancar um empate por 2 a 2 diante do Olimpia, em solo paraguaio, na edição 2013. Após o jogo com o Deportivo Lara, o Corinthians vai direto para Recife, onde enfrentará o Sport, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

O público esperado para o jogo contra o Corinthians é baixo, assim como aconteceu contra Independiente e Millonarios. O duelo será no estádio Metropolitano de Lara, em Cabudare, que receberá o Timão pela primeira vez desde que foi inaugurado, em 2007, para ser um dos palcos da Copa América.

Luis Curiel; Daniel Carrillo, David Mendoza, Ignacio Anzola; Ely Valderrey, Giacomo Di Giorgi, Ricardo Andreutti, Herbert Soto, Carlos Sierra; José Reyes, Jesús Hernández. Portanto a escalação deve ter Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Romero e Rodriguinho.

Notícias relacionadas: