Família de jogador é mantida refém por 4 horas durante roubo

Bandidos sabiam do parentesco das vítimas com Valdívia  Érico Leonam

Membros da família de Valdívia, que está no São Paulo, foram mantidos reféns durante quatro horas em uma assalto no Mato Grosso. Os bandidos entraram na casa e levaram todos os aparelhos eletrônicos, dinheiro, os dois carros e objetos de valor que haviam na residência, enquanto os familiares foram trancados no quarto.

Os suspeitos - ainda não identificados - fugiram levando um BMW 120i e uma Land Rover Evoque.

O boletim de ocorrência foi registrado pelos familiares. Não há a confirmação de quantas pessoas estavam na casa no momento do roubo.

De acordo com a Polícia Civil, o assalto ocorreu no Bairro Nova Jaciara.

Os assaltantes roubaram joias, televisões, videogames, computadores e um notebook.

Valdívia é natural de Jaciara, interior de Mato Grosso.

Valdivia nasceu em Jaciara e começou sua carreira no Rondonópolis Esporte Clube (REC), quando se destacou e teve seu passe comprado pelo Internacional de Porto Alegre. Após o crime, um bandido ficou com a família por cerca de 4 horas, para que desse tempo dos comparsas fugirem sem que a polícia fosse acionada. O atleta ganhou evidência no cenário nacional na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012. Ele tem passagens também por Atlético (MG) e atualmente defende o São Paulo (SP).

Notícias relacionadas: