"É um momento difícil, ninguém tem mais medo que eu" — Neymar

Neymar vai se apresentar na próxima segunda-feira na Granja Comary

Na reta final da recuperação, Neymar comanda a lisa de 23 jogadores convocados por Tite para o Mundial. Acho que é o maior desafio que estou enfrentando - disse Neymar, em entrevista ao personagem Bolívia Zica, do canal Desimpedidos.

De acordo com programação feita pela preparação física da Seleção Brasileira, Neymar deve voltar a trabalhar com bola no final da próxima semana. No entanto, o camisa 10 disse que teve receio de não estar apto para o torneio.

- Foi difícil. Eu estava em uma boa temporada, vindo bem, e do nada acabei machucando. Serviu de aprendizado, para me dedicar ainda mais aos treinamentos, jogos, superar os medos. Mas deu tudo certo. Deu um certo medo de não chegar a tempo, mas depois que fizeram os exames, avaliaram, falaram da cirurgia, fiquei mais tranquilo.

Na Rússia, essa responsabilidade será de Neymar pela segunda vez consecutiva. Mas dentro de campo pode falar mal, pode cornetar, que a gente aguenta. O craque cravou que o Brasil será campeão da Copa do Mundo e isso, com certeza, irá ultrapassar a conquista olímpica. A estreia do time será contra a Suíça no dia 17, às 15h no horário de Brasília, em Rostov. O terceiro jogo será contra a Sérvia, no dia 27, às 15h, em Spartak. De 28 de maio a 10 de junho a equipe se prepara na Inglaterra, no CT do Tottenham, e enfrenta a Croácia, dia 3, em Liverpool, e a Áustria, dia 10, em Viena, nos dois últimos amistosos antes da Copa do Mundo. Nas duas primeiras partidas do técnico pelas Eliminatórias, o Menino da Vila deixou sua marca: um gol na vitória sobre o Equador, fora, por 3 a 0; e um no triunfo sobre a Colômbia, em Manaus, por 2 a 1.

Notícias relacionadas: