Na Venezuela, Grêmio pode confirmar vaga na Libertadores

Volante Ramiro volta de suspensão no Brasileirão e inicia contra o time venezuelano

Além do fator viagem e da baixa de Arthur e Everton por lesão, a convocação final de Tite para a Copa do Mundo também pode mexer com a motivação do atual campeão da Conmebol Libertadores.

Com um time misto, o Grêmio visita o Monagas hoje, às 21h30min, no estádio Monumental, em Maturín, na Venezuela, na tentativa de garantir vaga antecipada para a próxima fase da Libertadores da América. Com isso, o comando do ataque da equipe na partida será o jovem Thonny Anderson, de 20 anos. O jogo está marcado para as 21h 30, horário de Brasília. "Eu já venho atuando ali de falso nove, o Renato tem me deixado muito à vontade", destaca o jogador. "Aqui a gente espera um duelo complicado", acrescentou. O Grêmio deverá ter apenas a linha defensiva titular, com exceção do lateral-direito Léo Moura, que segue recuperando-se de problema muscular.

Grêmio e Monagas já se enfrentaram na segunda rodada da fase de grupos, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e o time brasileiro não tomou conhecimento do adversário, vencendo por 4 a 0. A projeção é somar seis pontos nas duas partidas restantes para encerrar com 14 pontos e tentar ser o primeiro na classificação geral, o que dá a vantagem de decidir em casa até a final.

O Monagas é o lanterna da chave com apenas três pontos. O segundo colocado é o Cerro Porteño, com sete, e o Defensor aparece em terceiro, com quatro. Esses dois últimos times também se enfrentam nesta terça, mas às 19h15, de Brasília.

Monagas | Baroja; Romero, Trejo, Agnel Flores, Oscar González; Palacios, García, Suárez, Christian Flores, Luis González; Cádiz. O volante Ramiro, que ficou de fora do clássico contra o Internacional por cumprir suspensão, volta e completa o setor com Alisson, Cícero e Jailson esta noite. O elenco treinou em Maturín, na Venezuela.

Notícias relacionadas: