Morre Tom Wolfe, autor do clássico A Fogueira das Vaidades, aos 87

O jornalista e escritor americano Tom Wolfe durante sessão

A morte foi confirmada por sua agente literária, Lynn Nesbit.

A notícia foi avançada pelo New York Times. Foi parte de uma geração que reinventou a forma de narrar histórias dentro de jornais e revistas, junto com Gay Talese, Truman Capote e Norman Mailer.

Natural de Richmond, na Virginia, onde nasceu a 2 de Maio, em 1931, Tom Wolfe tinha 87 anos.

Tom Wolfe ficou reconhecido por ser o precursor do new jornalism (ou jornalismo literário) por utilizar, em seus textos jornalísticos, técnicas de narrativa até então muito associados a outras obras literárias, como romances, contos e ensaios.

Já Os Eleitos ganhou os cinemas antes, em 1983, com Wolfe também envolvido na roteirização.

Notícias relacionadas: