CNH digital chega este mês para os motoristas da Bahia

Ford Focus leilão

Todos os profissionais com cursos registrados a partir de 1º de janeiro de 2013 podem utilizar o novo serviço, mas os cursos devem ter sido reconhecidos ou aprovados na Escola Pública de Trânsito (EPT).

Como parcelar?O parcelamento poderá ser realizado via web, acessando o link das empresas pelo site do Detran-DF, no item Veículos/Parcelamento de débitos, ou presencialmente nos postos de atendimento de Taguatinga, Shopping Popular, Gama, Depósito de Veículos Apreendidos I (em frente ao autódromo) e também nos postos do Na Hora.

Também será possível a utilização do cartão de terceiros nos atendimentos presenciais, desde que este esteja presente, juntamente com o proprietário do veículo.

Questionado, o Detran justifica a demora afirmando que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) precisa se adaptar a separação da versão digital da impressa solicitada pelo departamento de trânsito baiano, já que o padrão adotado por outros estados é diferente. "Os serviços eletrônicos são facilidades para que o usuário possa fazer tudo sem sair do conforto da sua casa", diz Maxwell Vieira, diretor-presidente do órgão.

Já a certidão negativa de propriedade de veículo, usada para verificação de renda em processos de obtenção de benefícios governamentais, poderá ser emitida pelo site Detran apenas com número de CPF do cidadão.

Outro novo recurso, disponível pelo aplicativo para celulares Android e iOS, possibilita validar a certidão de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com o código de verificação ou o QR-Code.

As empresas terão um ponto de atendimento nas unidades que irão oferecer o serviço e o procedimento será realizado exclusivamente pelas credenciadas, não tendo interferência de servidor do Detran no processo. O QR-Code é "lido" pela câmera do celular e verificado automaticamente. Na certidão consta o histórico do motorista, desde a data de emissão da CNH até processos e bloqueios. Além disso, o documento pode ser usado para fins judiciais, trabalhistas, de aposentadoria ou para cursos.

A terceira novidade é que os profissionais registrados no Detran.SP para atuar na formação e avaliação de motoristas e motociclistas agora também podem obter e validar a credencial pelo portal. Ao todo, no Estado são cerca de 140 mil profissionais.

O sistema é o mesmo: o usuário cadastrado no portal acessa o serviço e emite a credencial.

Notícias relacionadas: