IBGE; Vendas de informática e comunicação caem em março

Venda de equipamentos de informática e comunicação cai 7,6% em março

As vendas do Ceará no mês de março cresceram 1,1% em relação a fevereiro, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada esta sexta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado no ano a taxa ficou em 0,8% e nos últimos doze meses ficou estável (0,0%).

Considerando todos os setores, o comércio varejista brasileiro mostrou avanço de 0,3% no comparativo mensal. Assim, na série com ajustes sazonais, o setor apurou seu melhor desempenho nos meses de março desde 2013, quando registrou +1,2%.

O volume de vendas do varejo de março sobre o mesmo mês do ano passado apresentou também expansão de 6%, após duas pequenas quedas nos meses de janeiro (-0,6%) e de fevereiro (-4,4%). Ainda com avanço nas vendas frente a fevereiro, encontram-se: artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos; de tecidos, vestuário e calçados e outros artigos de uso pessoal.

Ajudou nisso a Páscoa em março e a alta de 12,3% nas vendas dos supermercados, enquanto os artigos de informática e comunicação constituíram uma das principais forças negativas no período e caíram 5% depois da boa alta de 12% no mês anterior.

O destaque de março na PMC do IBGE ficou com o setor automotivo, que cresceu +2,9% na comparação com fevereiro e já acumula avanço de 12% nos cinco últimos meses; na comparação com março de 2017, o volume de vendas cresceu em média 7,8% nas dez atividades pesquisadas do varejo, registrando o melhor mês de março desde 2012 (+10,3%). No período, o volume de vendas do varejo restrito - que exclui as atividades de veículos e materiais de construção - cresceu 0,3%. O setor de móveis e eletrodomésticos (0,1%) praticamente repete o patamar de vendas de fevereiro 2018.

Notícias relacionadas: