Após levar 'surra' do PSG, Monaco vai devolver dinheiro a torcedores

Monaco leva goleada do Paris Saint Germain por 7 a 1 fora de casa

O Paris Saint-Germain sagrou-se este domingo campeão francês pela sétima vez, recuperando o título perdido há um ano para o Mónaco de Leonardo Jardim, precisamente o adversário da 33.ª jornada da Ligue 1, que os parisienses golearam, por 7-1, em pleno Parque dos Príncipes.

Seguiram-se dois novos triunfos até ao empate 2-2 em Marselha, antes de mais cinco vitórias, uma das quais no Mónaco, por 2-1, num encontro em que o golo de João Moutinho reduziu a vantagem conquistada por Cavani e Neymar, protagonistas de várias disputas de protagonismo, nomeadamente na marcação de grandes penalidades.

O Mónaco deixou fugir o título francês para um Paris SG que não deu hipóteses ao longo da época e que selou a conquista com uma demolidora goleada por 7x1 diante dos monegascos. Ganhámos o sétimo título para o clube, é o meu quinto título.

E a excelente campanha na competição, ao menos em parte, minimiza o fracasso do time na Liga dos Campeões.

O presidente do emblema parisiense passou pela zona mista após o jogo e não escondeu a sua satisfação pelo triunfo categórico sobre o rival monegasco. Mas Di María, Radamel Falcao, contra, e Julian Draxler, todos no segundo tempo, sacramentaram o histórico massacre do PSG. Enquanto seus colegas de equipe foram proclamados campeões da Ligue1, vencendo por 7 a 1 no Mônaco, o brasileiro se divertiu jogando pôquer online no Brasil.

Notícias relacionadas: