Manchester City campeão de Inglaterra pela quinta vez

Guardiola já pensa onde gastar mais milhões quatro alvos identificados

O United, aquele que havia adiado a festa antecipada do City após vencê-lo na última rodada, perdeu por 1 a 0 do desacraditado West Bromwich.

O Manchester City, que bateu o Tottenham em Wembley neste sábado, só seria campeão do Campeonato Inglês neste final de semana se o Manchester United fosse derrotado pelo West Bromwich neste domingo.

O United venceu a partida por 3 a 2, contando com duas marcações de Paul Pogba e uma de Chris Smalling. O clube se tornou o terceiro clube a atingir essa marca na história da Premier League – os outros dois são o Chelsea (de 2005/06) e o Manchester United (de 2010/11). Entretanto, a partida contra o West Brom não teve a mesma emoção.

O técnico português confirmou à MUTV que terá todo o elenco a sua disposição, à exceção do goleiro Sergio Romero, que ainda se recupera de lesão sofrida em lance disputado com o atacante Diego Costa quando estava em ação pela seleção argentina contra a Espanha, em jogo que terminou 6 a 1 para os espanhóis.

José acredita que não terá vida fácil contra os atuais lanternas da Premier League: "Eu acho que será um grande desafio porque eles sabem que no futebol tudo é possível até que matematicamente isso seja possível".

Caso isso não aconteça, a equipe de Manchester terá a chance de levantar a taça no próximo turno, após entrar em campo contra o Swansea, em casa, no domingo (22). "A segunda posição que é, neste momento, a nossa ambição". Do lado oposto da tabela, o West Bromwich corre o grande risco de ser rebaixado, já que conta com apenas 24 pontos e está a nove pontos da primeira equipe fora da lanterna.

Notícias relacionadas: