São Paulo ventila possibilidade de fazer proposta para tirar Everton do Flamengo

Renato Gaúcho

Já foram trocados até documentos para definir a chegada do atacante por três temporadas, sob o pagamento de R$ 15 milhões ou até menos, como tenta a diretoria do clube paulista. No São Paulo, Everton receberá quase o dobro do que recebe atualmente no Flamengo. O São Paulo, no entanto, já iniciou as conversas com os representantes do jogador. O agente foi um ponto fundamental, inclusive, para baratear a transferência.

O São Paulo avançou bastante a negociação com o Flamengo para contratar o atacante Everton, 29.

Everton contrato com o Flamengo até o fim de 2019 e sua multa rescisória é de 4 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões). O restante é dividido entre Carlos Leite, empresário do jogador, e Macaé.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o nome do meia-atacante é vinculado ao São Paulo.

Marlos Moreno, que está emprestado junto ao Manchester City é outra opção para ser deslocado para o lado esquerdo, mas apostar no garoto, que nem ao menos conseguiu ter uma sequência no clube pode ser muito arriscado em um ano de competições importantes como Libertadores e o Brasileirão.

O técnico Diego Aguirre não se prolongou ao ser questionado sobre a possível vinda de Everton ao São Paulo, porém, mostrou que a transferência do flamenguista está mais do que aprovada se depender dele.

Aos 29 anos, Everton já atuou em 245 partidas pelo Flamengo, em duas passagens (2009 e de 2014 até os dias atuais). Ele também é o único remanescente do último título brasileiro conquistado pelo Rubro-Negro em 2009.

Em 2018, o atacante canhoto entrou em campo 11 vezes até aqui e marcou três gols: contra Botafogo, River Plate-ARG e Fluminense.

Notícias relacionadas: