Anitta vira alvo de polêmica com instituições de saúde

Cantora Anitta

"O Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas Pela Hanseníase (Morhan) e as pessoas e entidades abaixo assinadas exigem retratação da cantora Anitta".

Isso porque, na edição da última terça-feira (10), em bate-papo descontraído com a dupla sertaneja Maiara e Maraísa numa brincadeira realizada no palco, Anitta explicou como funcionava o quadro, e acabou causando uma certa polêmica. Em seu novo programa no canal Multishow, a cantora disse que só convida amigas de verdade e não convida 'gente hanseníase'.

Segundo o movimento, a cantora reforçou preconceitos que levam à exclusão de pessoas com hanseníase.

A hanseníase, conhecida popularmente como lepra, é uma doença infecciosa que lesiona nervos periféricos e diminui a sensibilidade da pele.

Anitta publicou um pedido de desculpas em seu perfil, no Facebook, depois de virar alvo de críticas por dizer "eu só convido gente que eu amo, não convido gente hanseníase", em seu novo programa no Multishow.

“Galera, no último 'Anitta entrou no grupo' eu errei ao dizer 'pessoa hanseníase' em vez de dizer pessoas que tenho ranço. "Anitta não sabe, porque o desconhecimento de fato é o principal obstáculo à superação da hanseníase no Brasil, mas a cada ano 35 000 novos casos são diagnosticados no país, tornando o Brasil o campeão mundial de novos casos proporcionais da doença". "Muita garra para enfrentar o preconceito e para exigir seus direitos em um país que os nega diariamente", diz a nota, que ainda pede uma retratação da cantora.

Nos entristece o fato de que uma mulher de origem periférica reproduza preconceitos, porque o nosso desejo é unir forças contra toda forma de discriminação. "Caso você queira apoiar assim como eu as pessoas com hanseníase, vou deixar aqui uma sugestão de link, tá?" Ajude-nos a contatá-la: "Anitta, retrate-se", diz a petição online, mas até agora a funkeira não comentou nada a respeito.

Notícias relacionadas: