Bayern elimina Sevilha nos quartos de final da Liga dos Campeões

Arbitragem?

Na cobrança, o colombiano James Rodriguez levou perigo para o gol de Soria. Os espanhóis pediram pênalti, mas a arbitragem nada marcou. Quinze minutos depois, Escudero recebeu passe dentro da área e finalizou rasteiro, assustando o goleiro Ulreich. Um minuto depois Lewandowski fez o goleiro Soria buscar bola no cantinho.

Após os 15 minutos, os Rojiblancos conseguiram se estabilizar defensivamente, mas com um toque de bola pouco objetivo não conseguiam penetrar na defesa bávara.

O meia teve outra grande chance para abrir o placar no primeiro tempo. No lance, o lateral machucou o ombro, mas se levantou e seguiu na partida. "Oxalá ela volte frente ao Bayern", afirmou. Aos 4, Rafinha cruzou para Lewandowski na pequena área, com o atacante polonês cabeceando com muito perigo, mas do lado de fora da rede.

Precisando marcar para se classificar, o Sevilla foi ao ataque. Os mandantes, por sua vez, aproveitaram os espaços dados pelo adversário e criaram várias chances de gols na primeira etapa, porém, pararam na pouca eficiência das finalizações e na boa atuação do goleiro Soria.

Apesar do sufoco imposto pelo time alemão, foi do Sevilla a jogada mais perigosa da partida.

Jupp Heynckes, técnico do Bayern, acredita que o adversário virá com toda força e será muito agressivo, pois obviamente precisa ir atrás do resultado.

A vaga fecha uma semana de comemorações para os alemães.

O Bayern de Munique vai aguardar o sorteio da Uefa para saber qual equipe enfrentará na semifinal da Liga dos Campeões. Os semi-finalistas são já conhecidos: Real Madrid, Bayern de Munique, Liverpool e Roma.

Notícias relacionadas: