Volvo terá três novos carros no Brasil

Jorge Moraes  DP

Por dentro, o modelo apresenta um ambiente semelhante em aspecto ao dos irmãos maiores, os Volvo XC60 e XC90, oferecendo ambiente em dois tons, volante de três raios, cluster digital e configurável de 12,3 polegadas, tela central de multimídia em posição vertical e 9 polegadas, console central com alavanca tipo joystick.

A Volvo foi a responsável pelo lançamento de mais um SUV no mercado brasileiro.

A versão T4 é equipada com motor Drive-E 2.0, de 190 cv de potência, com turbocompressor, transmissão automática Geartronic de oito marchas e tração dianteira.

No porta-malas, de 460 litros com carregamento até as janelas e de 1.830 litros com os bancos traseiros rebatidos, um assoalho inteligente pode ser dobrado para levar sacolas ou outras bagagens por meio de ganchos ou para usar o espaço completo sem removê-lo do carro, além do mecanismo de rebatimento do banco traseiro fornecer um assoalho plano para bagagens. Além disso, se as vendas do XC40 continuarem indo bem, em 2019, a marca deverá trazer a versão T3, com motor turbo, de três cilindros. Neste caso, o preço do modelo cai para R$ 145.950 na versão de entrada, a T4. É possível instalar um opcional de condução semiautônoma na versão mais barata com o custo de R$ 5 mil. Desse jeito, o Volvo XC40 T4 sobe para R$ 174.950. A tampa pode ter abertura elétrica com acionamento com o movimento do pé, chave, maçaneta ou interna. Navegação, conectividade e entretenimento estão a pouquíssimos toques. Já o Harman Kardon Premium Sound vai além e, na versão R-Design, conta com 13 alto-falantes e um subwoofer totalizando 600 W de potência.

O sistema Sensus integra também o Volvo On Call, um serviço de segurança, proteção e conveniência que oferece assistência 24h, auxílio de emergência e localização, em caso de roubo ou furto.

O carro é equipado com tração integral, que calcula constantemente a distribuição de tração entre os eixos para oferecer mais estabilidade e conta com cinco modos de condução diferentes: Eco (privilegia economia de combustível); Comfort ( prioriza suavidade nas reações do veículo); Off-road (para transitar fora de estrada); Dynamic (para uma condução mais esportiva) e Individual (customiza a configuração). Outro recurso é a Mitigação de Pista Oposta (Oncoming Lane Mitigation), que ajuda os motoristas a evitar colisões com veículos que se aproximem vindos da pista contrário. Haverá também alerta de mudança de faixa e estrutura preparada para proteger contra impactos laterais, além de equipamentos mais comuns como controle de cruzeiro adaptativo, que mantém uma distância constante do carro da frente, acelerando ou freando automaticamente.

Notícias relacionadas: