Ciro Gomes dá um "pedala" em Arthur Mamãe Falei — Vídeo

Ciro acena ao PT mas diz que Lula não é preso político

"Mas não é uma postura de candidato a presidente", disse Val.

O youtuber Arthur do Val, dono do canal "Mamãe Falei", foi agredido com dois tapas no pescoço - um deles mais forte - na noite desta segunda-feira (3) pelo pré-candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT). Horas depois que a história viralizou, o youtuber divulgou gravações editadas de suposta agressão sofrida por ele. O evento contou com discursos de seis pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

Ciro é apontado pelas pesquisas como maior herdeiro dos votos de Lula, assim como Marina Silva, caso esteja ausente na eleição, no entanto negou se movimentar para obter apoio do ex-presidente à candidatura. "E receber o pessoal do [juiz Sergio] Moro a bala?", provocou. Diante disso, o presidenciável perguntou se Val era "bolsominion" e ele respondeu.

Segundo Val, Ciro disse que ele era um bobão e deu um tapa em sua nuca, antes de sair. "Sobre o pescotapa do Ciro Gomes, não estou me vitimizando". "Tu acha que, se eu tivesse batido não tinha uma marquinha?" Do jeito que eu sou? "Eu falei 'deixa de ser um merda, rapaz', e saí de perto", disse. O editor de vídeo Bruno Sartori desmonta a farsa e mostra, quadro a quadro, como o vídeo foi cortado para que, um simples apoio de mão, quase um afago de Ciro, parecesse uma agressão.

O blogueiro afirmou que, quando Ciro se afastou, ele gritou, entre outras provocações: "Não sou a Patricia Pillar para você bater". Ciro encosta na nuca de Val, mas não é possível saber com que força.

Notícias relacionadas: