Sevilla elimina Manchester United e volta às quartas de final

O meia do Manchester United Michael CarrickMais

O Sevilla venceu o Manchester United por 2 a 1 nesta terça-feira (13), no Old Trafford, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Com isso, qualquer vitória valeria classificação para ambos os times, empate sem gols culminaria em pênaltis, e igualdade com tentos levaria os espanhóis às quartas. De Gea fez grande defesa no primeiro lance, só que ela quicou e foi mansamente para o fundo das redes: 2 a 0 Sevilla. Porém, a 18 minutos do fim, Montella trocou o colombiano pelo francês e Ben Yedder voltou a brilhar na Liga das Campeões. Teve as melhores chances na primeira etapa, viu o adversário se enervando com o passar dos minutos e matou o jogo em duas estocadas do jogador que entrou para explorar os espaços que iam aparecendo na defesa inglesa. O belga Lukaku ainda descontou para o time de Manchester, aos 39 minutos, mas a reação parou por aí.

Mesmo com todo o anticlímax no "Teatro dos Sonhos", ainda deu tempo para os donos da casa deixarem seu gol, quando, após cobrança de escanteio, Matic deu um leve desvio de calcanhar e Lukaku deu um voleio na pequena área para diminuir, mas ficou nisso, com o Sevilla eliminando o Manchester United em pleno Old Trafford: 2 a 1.

O Sevilla agora aguarda pelo sorteio dos confrontos da próxima fase, que acontecerá na sexta-feira, em Nyon, na Suíça, na sede da Uefa. Já o Sevilla retorna aos gramados no próximo sábado, diante do Leganés, ás 16h45, no Butarque, pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol.

Na Itália, a Roma fez valer o critério do gol qualificado para se classificar. Aos cinco, Rashford cobrou falta bem colocada, mas Rico espalmou. Aos 27, o Sevilla puxou bom contra-ataque, a bola chegou em Muriel, que bateu cruzado, assustando De Gea.

No segundo tempo, o Sevilla apertou a saída de bola do time inglês e as chances foram aparecendo. A resposta do United veio dez minutos depois.

As duas equipes começaram o segundo tempo bem mais intensas na troca de passes.

Aos 32, o Sevilla ampliou: Correa recebeu cruzamento e desviou de cabeça. Pogba, que havia entrado instantes antes, arriscou de longe aos 26, mas mandou para fora. Logo no minuto seguinte, abriu o placar com chute no cantinho esquerdo do gol de De Gea e, aos 33, fechou a conta de cabeça. O francês Ben Yedder estava em campo há apenas dois minutos, quando recebeu a bola, solto de marcação, tirou Bailly da frente e atirou rente ao poste, para o primeiro golo da noite.

Notícias relacionadas: