Anita paga milhares de euros a ex-empresária

Anitta foi condenada a pagar multa de R$ 3 milhões

Anitta terá de pagar R$ 3 milhões para a sua ex-empresária Kamilla Fialho, proprietária da produtora K2L. A informação foi divulgada pela coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, nesta terça-feira (13).

Caso a cantora não pague o valor determinado pela justiça, a mesma terá seus bens bloqueados no valor total de R$3 milhões, a fim de que a quantia seja repassada judicialmente para a parte beneficiada com a decisão.

Vale lembrar que Anitta entrou duas vezes com recurso contra a decisão, porém ambos foram negados. Três desembargadores deram razão à empresa da família de Kamila, a K2L, que lançou a dona do sucesso "Paradinha" nacionalmente. A quantia é referente a um contrato que a artista rompeu com a empresa em agosto de 2014, quando decidiu administrar a própria carreira.

Será que acabou por aí?

- O agravo julgado hoje foi feito antes da defesa de Anitta entrar com duas suspeições e uma representação no Conselho Nacional de Justiça diante da suspeita de parcialidade da juíza responsável por este processo. O advogado de Kamilla, Leonardo Gomes, garante que só a indenização chega a R$ 14 milhões. Além dos R$ 3 milhões da multa por quebra de contrato, há valores sobre o que a empresária deixou de ganhar com o contrato interrompido, por exemplo. "Com tais fatos novos, o processo e, por sua vez qualquer decisão dele, encontra-se suspenso até o julgamento destas suspeições".

Notícias relacionadas: