Evento com 2.471 prefeitos une Alckmin e Temer em Brasília

INTERNET Ministério da Comunicações assina adesão de mais de 2.000 cidades ao Programa Internet para Todos nesta segunda-feira  Spencer Platt  Getty Images

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, acompanhado de diversos prefeitos alagoanos esteve no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, para participar da Cerimônia de Assinatura do Termo de Adesão ao Programa Internet para Todos e de liberação do Apoio Financeiro aos Municípios (AFM) - que autoriza o repasse de R$ 2 bilhões, que será rateado aos entes federados.

O programa Internet para Todos promete levar conexão para as escolas e unidades básicas de saúde dos municípios brasileiros.

Acompanhando o prefeito dr. Hildon na solenidade de assinatura estará o deputado federal Expedito Neto (PSDB/RO), principal articulador, junto ao governo federal, para a adesão da capital rondoniense ao programa coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, gestão que a parlamentar vem fazendo desde o ano passado. A conexão será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que recebeu R$ 3 bilhões em investimentos. O MCTIC informou que 2,7 mil prefeituras estão aptas a assinar os contratos.

Os municípios beneficiados nesta primeira fase do Internet para Todos começarão a receber as antenas no mês de maio e a expectativa é que sejam instaladas 200 antenas diariamente. Os satélites geoestacionários que distribuirão o sinal têm uma vida útil de 18 anos, ou seja, será o "prazo de validade" do programa.

É importante ressaltar que o programa Internet para Todos não vai oferecer conexão gratuita para os moradores dessas localidades, e sim ofertar conexão a preços reduzidos.

"Desde 2005 já se falava desse tema de levar a banda larga para todos os municípios e escolas públicas", afirmou o presidente Michel Temer durante o evento de lançamento do programa. Os recursos serão utilizados nas áreas da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social e serão transferidos conforme critérios de distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O presidente Michel Temer enalteceu o trabalho do ministro Gilberto Kassab e de todo o ministério nesta conquista.

O MCTIC ainda fechou parceria com o Ministério da Defesa para garantir o monitoramento de 100% das fronteiras brasileiras. Em 2017 prometemos entregar R$ 2 bilhões às prefeituras municipais. "Sendo assim, os prefeitos terão a possibilidade de utilizar este crédito extraordinário em um cenário de dificuldades financeiras", destaca. O número de municípios habilitados pode ser acrescido em mais de 330 já que 2.593 municípios manifestaram interesse em participar do programa.

Notícias relacionadas: