Substância suspeita detetada no Parlamento britânico não é perigosa

Duas pessoas hospitalizadas após descoberta de pacote suspeito no parlamento britânico

"Temos conhecimento de uma potencial situação a envolver uma substância suspeita, que a polícia metropolitana está a investigar", avançaram inicialmente as autoridades.

O local não foi evacuado, mas algumas zonas foram isoladas.

Duas pessoas foram levadas para o hospital como medida de precaução, avançou a polícia.

Os testes mostraram que a substância que estava dentro do pacote "não era perigosa", referiu o porta-voz, citado nas agências internacionais.

Este incidente, contudo, está a preocupar as autoridades britânicas perante a possibilidade de fazer parte de um conjunto de ações coordenadas. Recentemente, várias cartas anónimas a convidar as pessoas a "punir um muçulmano" no próximo dia 03 de abril foram enviadas para várias moradas no Reino Unido.

Theresa May, primeira-ministra, tinha agendado para este dia a ida ao parlamento para falar sobre o envenenamento de um ex-espião russo no Reino Unido. Uma investigação, liderada pela polícia antiterrorista britânica, foi aberta para determinar a origem destas cartas e a motivação dos respetivos autores.

Notícias relacionadas: