Criadores de "Stranger Things" são acusados de abuso

Os irmãos Ross e Matt Duffer criadores de'Stranger things- Eric Charbonneau  Invision for Netflix

Peyton Brown, que trabalhou como cameraman e eletricista nas duas primeiras temporadas de Stranger Things, da Netflix, fez uma denúncia no Instagram contra os criadores da série, os irmãos Matt e Ross Duffer.

Em um comunicado, os irmãos Duffer afirmaram que estão 'profundamente chateados por saber que alguém se sentiu desconfortável no set'. Devido à natureza altamente estressante da produção, os temperamentos ocasionalmente saem de controle e, por isso, nós pedimos desculpas. "No entanto, achamos importante não descaracterizar o nosso set, onde acreditamos que todos devem ser tratados de forma justa, independentemente do gênero, orientação, raça, religião, ou outra coisa". "Seguimos totalmente comprometidos em fornecer um ambiente de trabalho seguro para todos os envolvidos". Eu prometi a mim mesma que se estivesse em uma situação na qual eu poderia dizer algo, eu faria iso. "Eu tenho milhares de seguidores que podem me ouvir dizer isso, TIME IS UP".

A Netflix também liberou sua declaração dizendo ter realizado investigações sobre a declaração, mas não encontrou nada de errado. "Manter uma atmosfera segura e respeitosa no set é importante para a gente, e sabemos que também é para os Duffer Brothers", disseram.

Sem ser muito específico, o rapaz escreveu que não voltaria mais para a terceira temporada de "Stranger Things", após ver "dois homens em posição de poder abusar verbalmente de várias mulheres naquele set".

Notícias relacionadas: