Microsoft confirma Windows 10 S como modo e não um sistema separado

Faça o download do Windows 10 Preview build 17115

Esta versão permite apenas a instalação de aplicativos através da Microsoft Store, incluindo aplicativos Win32 convertidos via Desktop Bridge (ou Desktop App Converter).

Se mais de 50% do mercado usar a variante do sistema operativo, as aplicações UWP tradicionais e as Progressive Web Apps tornar-se-ão muito mais importantes no "ecossistema" da Microsoft.

Para quem não lembra, Belfiore tinha confirmado no Twitter um dia antes que o Windows 10 S será um modo do sistema. Ainda assim, a Microsoft oferecia um método de conversão para o Windows 10 Pro, caso o usuário desejasse.

Afirmação acontece um dia após empresa confirmar que Windows 10 S será um modo no Windows 10.

O Windows 10 S foi lançado originalmente em 2017 como uma versão do sistema operacional voltada para estudantes e oferecido apenas pré-instalado em novos portáteis.

E a mesma, conhecida como Redstone 4, deverá surgir nos PC durante o início de Abril. Assim, quem comprar um computador com Windows 10 Home, Pro ou Enterprise vai ter a opção de ativar o "modo S" para ter a experiência prometida pelo Windows 10 S.

A empresa de Redmond não deu grandes detalhes sobre esta alteração, mas um rumor do mês passado, o "modo S" estará disponível em todas as versões do Windows, exceptuando as versões Core+ e Workstation. Assim, para pôr fim a este problema, a empresa vai criar um "Modo S" para cada versão do Windows 10, que será disponibilizado na próxima atualização do sistema operativo.

Se o modo S do Windows 10 é o padrão para novos PCs Windows 10 parece algo discutível neste momento. Dispositivos que saem de fábrica com o modo S ativados devem ser anunciados nos próximos meses.

Atualmente, a Microsoft vende o Windows 10 S e o Windows 10 como versões separadas.

Notícias relacionadas: