Um morto e 20 feridos em tiroteio numa escola na Florida

Tiroteio numa escola da Florida faz várias vítimas

As autoridades policiais na Florida levaram a cabo uma detenção na sequência do tiroteio na escola Marjory Stoneman Douglas.

Um segundo tweet dava conta da ocorrência e da resposta das autoridades.

Ainda de acordo com o jornal norte-americano, estudantes e funcionários da escola ouviram barulhos "semelhantes ao disparo de uma arma" quando estava a aproximar-se a hora de saída dos alunos. Pelo menos uma dezena de viaturas policias circulam o local. "As forças de segurança estão no local". Pediu igualmente para outras pessoas evitarem a área.

As primeira informações apontam para a existência de pelo menos 20 feridos, avança a CNN.

Imagens em direto das várias televisões mostravam vários corpos no chão e dezenas de estudantes a correr para fora das instalações ou a saírem em pequenos grupos e em fila, mais ordeiramente, com as mãos na cabeça ou acima dela.

Tanto o governador da Flórida, Rick Scott, como o presidente dos EUA, Donald Trump, acompanham de perto a investigação sobre o tiroteio. "O presidente está a par do tiroteio na escola da Flórida e seguimos de perto a situação. Nossos pensamentos e orações estão com as vítimas", informou a Casa Branca em comunicado.

Notícias relacionadas: