Luciano Huck comprou jatinho com juros subsidiados pelo BNDES, diz jornal

Luciano Huck comprou jatinho com juros subsidiados pelo BNDES, diz jornal

O apresentador Luciano Huck comprou um jatinho particular de 17,7 milhões com dinheiro de um empréstimo concedido pelo BNDES.

Apontado em pesquisas eleitorais e em falas recentes do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) como possível candidato à presidência da República, Huck disse que decidirá se sairá candidato ou não até o fim de fevereiro. A aeronave, adquirida em 2013, tem como beneficiária a Brisair Serviços Técnicos e Aeronáuticos Ltda., da qual Luciano e Angélica Huck são sócios, e o Itaú como instituição financeira intermediária. Segundo o tucano, o global teria confidenciado que "está considerando" a possibilidade de disputar a Presidência nas eleições de outubro.

O empréstimo se inseriu no programa BNDES Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos), cuja finalidade é financiar a compra de maquinário por parte de empresas. O Tesouro também bancava a diferença entre a Selic e a TJLP nos empréstimos via PSI. A matrícula do avião é PP-HUC. Ainda segundo a nota, Huck usa o avião duas vezes por semana para gravar seu programa para a TV Globo. Segundo o registro na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave comporta oito passageiros e pertence atualmente ao Itaú, sendo a Brisair, empresa que Huck é sócio, a sua operadora.

BNDESO BNDES informou, em nota, que as condições seguiram as "definidas pelo Programa de Sustentação do Investimento (PSI), vigente à época, com taxas de juros fixas entre 3% a.a. e 3,5% a.a.".

Por meio de sua assessoria, o presidenciável afirmou que o programa do BNDES tem por objetivo incentivar a indústria nacional, o que justificaria o empréstimo tomado.

Até dezembro de 2017, havia 1.036.572 operações registradas no BNDES com as condições do PSI, o que demonstra a pulverização do programa entre milhares de empresas de todo o Brasil. Segundo o banco, as taxas eram oferecidas a qualquer empresa que obtivesse financiamento para aquisição de máquinas e equipamentos.

Segundo o Banco, o processo de concessão de financiamento é realizado por meio de agentes financeiros credenciados, que podem ser bancos, cooperativas e agências de fomento.

Notícias relacionadas: