Futebol de Luto: morre Danilinho ex-Chapecoense

Futebol de Luto: morre Danilinho ex-Chapecoense

Nesta terça-feira, o mundo do futebol perdeu um dos seus.

O meia Danilinho, morreu após ter um mal-estar no treino da Juazeirense na tarde desta terça-feira (13). Atendido ainda em campo, o atleta foi removido para o Hospital Memorial de Petrolina, onde deu entrada às 17h05.

CSA e Chapecoense também lamentaram a morte do jogador.

O Juazeirense contratou Danilinho em dezembro de 2017 e nessa temporada havia utilizado o jogador apenas na estreia da equipe pelo Campeonato Baiano, no empate por 2 a 2 com o Vitória, no Barradão. Enquanto o time realizava treinamento no Estádio Paulo Coelho, localizado na cidade de Petrolina, em Pernambuco, o meia Danilinho, de 32 anos, teve uma arritmia que evoluiu para parada cardíaca e acabou falecendo. Encaminhado ao Hospital Memorial de Petrolina, o atleta chegou ainda com vida, mas foi declarado morto por volta das 17h30. Natural de Bauru, no interior de São Paulo, Danilo Caçador deixa esposa e um filho de 10 anos.

"A equipe de emergência do hospital fez todos os procedimentos de urgência, o atleta chegou a ser reanimado, mas não resistiu à parada cardíaca e veio a óbito".

De acordo com a assessoria de imprensa do seu atual clube, o Juazeirense, o jogador já tinha treinado normalmente, estava parado quando se sentiu mal e caiu no gramado. A chape por sinal nas suas redes sociais prestou homenagem ao ex-atleta, citando as partidas e os gols feitos por Danilinho.

Notícias relacionadas: