Aeroporto de Londres é reaberto após descoberta de bomba

Aviões parados em solo após o fechamento do Aeroporto Cidade de Londres- Dominic Lipinski  AP

"O aeroporto de London City está fechado". Mais de 15 mil passageiros foram afetados.

"O momento da remoção depende das marés, no entanto, nesta fase, estimamos que a remoção do dispositivo da localização será completada até amanhã [terça-feira] de manhã", adiantou a polícia.

Para já, vai permanecer encerrado, pelo menos enquanto as operações de remoção do engenho explosivo estiverem a decorrer, revela a direção do London City Airport através do Twitter.

A operação de remoção do artefacto está a ser coordenada entre a Marinha Real Britânica e a Polícia Metropolitana de Londres.

O terminal continua fechado e sem previsão de reabertura, o que levou ao cancelamento de vários voos nesta segunda-feira. O aeroporto, explicou o director executivo, Robert Sinclair, "está a cooperar completamente" com as autoridades para resolver a situação "tão rápido quanto possível". Um perímetro de segurança de 214 metros foi montado ao final do dia de domingo, resultando não só no encerramento do aeroporto como também na retirada de todos os trabalhadores e residentes da zona a leste da cidade. A italiana Alitalia comunicou que operará seus voos no aeroporto de Stansted, também localizado na capital inglesa.

O London City é o mais pequeno dos cinco aeroportos internacionais de Londres, tendo movimentado 4,5 milhões de passageiros no ano passado, sobretudo para destinos de negócios como Frankfurt, Luxemburgo, Bruxelas ou Nova Iorque.

Recorde-se que milhares de bombas caíram em Londres entre Setembro de 1940 e Maio de 1941, no contexto da II Guerra Mundial.

Notícias relacionadas: