Maria Rita desfila pelo Império Serrano em homenagem a Arlindo Cruz

Maria Rita desfila pelo Império Serrano em homenagem a Arlindo Cruz

Eis que chega a hora do maior espetáculo da Terra: domingo (11) à noite, iniciaram os desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro para encantar o público da Sapucaí e de todo o Brasil, que acompanhou pela TV.

Ao longo de todo desfile da escola, não faltaram homenagens ao sambista Arlindo Cruz - compositor de diversos sambas imperianos internado desde março do ano passado, quando sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Esposa e filhos de Arlindo participaram ativamente do desfile da tradicional escola de Madureira (zona norte do Rio). Primeiro porque, diante de toda essa situação especial, estamos juntos para mandar essa energia positiva que emana do carnaval. Amo essa adrenalina e essa emoção.

Quem abriu os desfiles foi a Império Serrano, que levou o enredo "O império do samba na rota da China".

Para Luiz Fundão, a homenagem tem também um outro significado: é como se Arlindo estivesse desfilando na avenida, justamente quando a agremiação voltou à elite do caranaval carioca, depois de oito anos no grupo da série A. A última vez que conquistou o Grupo Especial do Carnaval foi em 1982.

Notícias relacionadas: