Afeganistão: Atiradores ferem pelo menos três em ataque a hotel em Cabul

Homens armados atacam hotel de luxo na capital do Afeganistão

Um grupo de insurgentes armados atacou neste sábado (20) o Hotel Intercontinental em Cabul, capital do Afeganistão, um estabelecimento luxuoso e muito frequentado por estrangeiros.

O porta-voz do Ministério do Interior, Nasrat Rahimi, afirmou que três feridos foram transferidos para um hospital militar da cidade, enquanto os enfrentamentos continuam no hotel entre os dois insurgentes restantes e as forças de segurança.

O ataque começou por volta das 21 horas (14h30 em Brasília) e testemunhas afirmam que os homens também teriam granadas e estariam carregando bombas. A Reuters dá conta de "várias mortos", sem especificar o número de vítimas. A informação foi divulgada pela agência de notícias espanhola EFE.

O quarto andar do hotel, onde ficam restaurantes e uma piscina, ficou em chamas, segundo um agente da Direção Nacional de Segurança. "Alguns outros hóspedes foram resgatados".

O porta-voz da polícia de Cabul, Basir Mujahid, explicou que um dos insurgentes se sacrificou na entrada do hotel para facilitar o acesso de seus companheiros ao local.

A fonte citada pela agência noticiosa francesa France Presse (AFP) não mencionou o registo de vítimas, mas disse que "o ataque ainda está em curso".

O Intercontinental já foi alvo de uma ação deste tipo em junho de 2011, quando um ataque suicida do talibã matou 21 pessoas, incluindo 10 civis.

Desde então, o edifício estava sob forte vigilância e com acessos reservados.

O Afeganistão enfrenta desde a década de 1990 uma insurgência dos Talibans, grupo extremista muçulmano que pretende estabelecer a lei Sharia no país e no Paquistão.

Notícias relacionadas: