Lukaku pode processar dono do Everton que o acusou de 'magia negra'

Lukaku pode processar dono do Everton que o acusou de ‘magia negra

A transferência de Romelu Lukaku do Everton para o Manchester United foi um dos principais negócios do último mercado de verão, mas o internacional belga também teve o regresso ao Chelsea e a renovação com os "toffees" como hipóteses em cima da mesa. Quando o goleador deixou o clube, em julho do ano passado, e se transferiu para os "Red Devils", o empresário bilionário disse que a saída dele aconteceu por causa de um ritual vodu (termo que se refere a rituais religiosos de origem africana). E depois disse que havia uma peregrinação algures em África e que um homem que fazia vodu lhe tinha dito que ele tinha de ir para o Chelsea. Se vos dissesse o contrato que chegámos a oferecer, nem acreditariam.

De acordo com a "BBC Sport", os advogados de Lukaku estão estudando mover um processo judicial contra Moshiri. "Ele (Lukaku) simplesmente não tinha fé no Everton e nenhuma confiança no projeto de Moshiri". Por isso que ele não quis renovar com a equipe em nenhuma condição.

Notícias relacionadas: