Astronauta preocupado por ter crescido 9 cm no Espaço afinal enganou-se

Astronauta preocupado por ter crescido 9 cm no Espaço afinal enganou-se

"Estou aliviado porque assim poderei regressar na Soyuz", escreveu Kanai na sua página de Twitter.

Astronauta japonês cresceu 9 cm em 3 semanas e está preocupado. "Isto não acontecia desde os tempos do ensino secundário".

O astronauta japonês tem 41 anos.

De qualquer forma, os cientistas já sabem que viagens espaciais aumentam a altura das pessoas em razão da ausência de gravidade, porém, o aumento máximo já constatado é de 4 centímetros.

Na segunda-feira (8), o astronauta escreveu no Twitter que, ao longo de sua permanência de três semanas na Estação Espacial Internacional, cresceu nove centímetros.

Além disso, a cápsula russa Soiuz tem um limite de altura nos bancos: "A coluna vertebral é compressível, portanto os astronautas podem tentar caber, mas se for um encaixe apertado, poderá ser apertado de mais", afirmava o médico da NASA Sudhakar Rajulu nesse mesmo artigo no site da agência espacial norte-americana. A nossa coluna espinhal é composta não só por vértebras, que são um tecido ósseo, mas também pelos discos intervertebrais, que são tecido cartilaginoso - explicou o cirurgião à RIA Novosti.

Poucas horas após a notícia percorrer os quatro cantos da internet, Kanai se desculpou publicamente dizendo que 9 centímetros teria sido um exagero de sua parte, e que novas medições, contando com a ajuda de um colega de ISS, revelaram que seu crescimento no espaço foi de apenas 2 centímetros (algo dentro do normal para esse tipo de situação).

Os três astronautas, que vão continuar no Espaço cerca de meio ano, juntaram-se ao russo Alexandr Misurkin e aos norte-americanos Mark Vande Hei e Joseph Acaba, que se encontram na EEI desde setembro.

Notícias relacionadas: