Suspeito? Coreia do Norte reativa conexão telefônica com Coreia do Sul

Suspeito? Coreia do Norte reativa conexão telefônica com Coreia do Sul

"Não se trata de uma chantagem, mas da realidade", declarou Kim Jong-un na segunda-feira, repetindo que a Coreia do Norte era, a partir de agora, uma potência nuclear e capaz de alcançar todo o território norte-americano.

"O líder norte-coreano Kim Jong-un acaba de afirmar que o 'botão nuclear continua na sua secretária'".

Ninguém - além do próprio Kim e seus camaradas mais próximos - sabe exatamente quais são as intenções por trás dessa ação, que é vista, obviamente, com desconfiança pelo Ocidente.

Esperava-se que Kim Jong-un fosse direto ao assunto desta vez e negociasse com o Sul uma representação norte-coreana nos Jogos Olímpicos de inverno.

O gesto ocorreu poucas horas depois de Trump, que apelidou Kim de "homenzinho do foguete", voltar a ridicularizar o líder norte-coreano no Twitter.

Suspeito? Coreia do Norte reativa conexão telefônica com Coreia do Sul
Suspeito? Coreia do Norte reativa conexão telefônica com Coreia do Sul

O governo norte-coreano reestabeleu o canal de comunicação, cortado há dois anos, em Panmunjon, vilarejo situado na fronteira entre os dois países, onde foi assinado o cessar-fogo na guerra entre as duas Coreias, entre 1950 e 1953. "Além disso, discutiremos temas operacionais sobre o potencial envio de nossa delegação", disse o chefe da agência norte-coreana que gerencia as relações com o Sul, Ri Son-gwon.

A decisão de Pyongyang de abrir a linha telefônica de fronteira aconteceu um dia depois que a Coreia do Sul propôs conversas de alto nível com o vizinho do norte, em meio a um tenso impasse sobre os programas nuclear e de míssil norte-coreanos.

O presidente dos EUA, Donald Trump, respondeu a cada teste com declarações fortes, ameaçando inclusive "destruir totalmente" Pyongyang e zombando de Kim, ao dizer que o líder norte-coreano estava em "uma missão suicida".

Dois relógios marcam a hora em cada um dos países. Esse fuso horário é usado apenas pelos norte-coreanos e nenhum outro país do mundo se encontra na mesma hora que eles.

Notícias relacionadas: