Vladimir Putin será candidato para um quarto mandato em 2018

Presidente da Rússia Vladimir Putin durante congresso de voluntários em Moscou
06/12/2017 REUTERS  Sergei Karpukhin

"Vou apresentar a minha candidatura ao cargo de presidente da federação Russa", confirmou Vladimir Putin esta quarta-feira. A informação foi divulgada em comunicado, após ele se reunir com trabalhadores da fábrica GAZ, em Nizny Novgorod.

Horas antes, em Moscou, Putin havia assinalado sua intenção de anunciar em breve se concorreria às eleições presidenciais de 2018. Com taxas de aprovação que chegam a 80%, Putin tem grandes chances de conseguir uma vitória rápida nas eleições do dia 18 de março.

Muitos russos elogiam Putin, que se tornou presidente em 2000 em um país de poder instável e economia enfraquecida, por ter restabelecido a estabilidade e prosperidade na Rússia, graças a um importante maná de petróleo que durou anos.

"Não há melhor lugar ou oportunidade para anunciar minha candidatura".

Mais cedo, durante um evento em Moscou, um apresentador perguntou ao presidente russo se ele se candidataria à reeleição, em março.

A multidão respondeu com um sonoro "Sim!", sob uma chuva de aplausos.

O seu futuro político é pouco claro: a comissão eleitoral excluiu a sua participação nas eleições devido a uma condenação por desvio de fundos públicos, o que ele nega. E quando eu estiver tomando (essa decisão), eu levarei em consideração, claro, nossa conversa hoje e a reação de vocês - disse Putin. Seus críticos o acusam de supervisionar um sistema autoritário corrupto e de anexar ilegalmente a Crimeia da Ucrânia, um passo que isolou a Rússia.

Notícias relacionadas: