Tiririca renuncia ao cargo de deputado federal

Tiririca renuncia ao mandato

"E eu tô saindo triste para caramba, muito chateado mesmo", continuou Tiririca.

Pelas redes sociais, o deputado informou que vai cumprir o mandato até o final de 2018.

Tiririca foi eleito o deputado federal mais votado do Brasil pelo estado de São Paulo em 2010, com 1,3 milhão de votos e reeleito em 2014 por 1,016 milhão de votos.

"Vamos esquecer um pouco as brigas, vamos esquecer um pouco o ego".

Em discurso no plenário na Câmara dos Deputados, o parlamentar lamentou a atual situação do País e pediu aos políticos mais atenção para com o povo brasileiro."Vamos olhar um pouco mais para o nosso País".

"É triste o que vi nesses sete anos aqui, saio com vergonha. Eu tenho certeza que nenhum de vocês passou por isso".

"Estou decepcionado com a política", comentou no discurso.

"A gente sabe que todos nós ganhamos bem para trabalhar, nem todos trabalham". Ele chegou a criticar o Congresso Nacional em algumas entrevistas e já tinha mencionado que deixaria a vida pública no ano que vem.

Apesar de ser palhaço de circo, o deputado leva a sério a vida política. No seu discurso, o parlamentar havia afirmado que usa o próprio carro, mas que os colegas têm regalias. Em ambas as campanhas, utilizou chamadas cheias de humor e, de acordo com especialistas, acabou recebendo muitos votos por, entre outras coisas, ser visto como um destinatário do chamado "voto de protesto", dada o descrédito da classe política brasileira.

- Não fiz muita coisa, mas pelo menos fiz o que fui pago para fazer. Vamos olhar pelo nosso povo e pelo nosso País.

Notícias relacionadas: