Congresso tem rejeição recorde, traz Datafolha

A rejeição ao trabalho de deputados e senadores do Congresso Nacional atingiu o recorde histórico de 60%, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quarta-feira. Apenas 5% dos brasileiros consideram ótimo ou bom o trabalho dos parlamentares federais - é também o pior número já registrado. Não souberam responder ao questionamento 3% dos entrevistados.

Os números de agora oscilaram negativamente em relação aos dois últimos levantamentos, em dezembro de 2016 e abril de 2017, quando a rejeição aos políticos foi de 58% e a aprovação ficou em 7%. As pesquisas do Datafolha tiveram início em 1993.

O levantamento foi feito pouco depois de um mês da votação da Câmara dos Deputados que barrou a tramitação da segunda denúncia criminal contra Michel Temer.

Desde 1993, houve um único registro de uma avaliação positiva do desempenho dos congressistas numericamente superior à negativa.

Notícias relacionadas: