Após oferecer cargo como auxiliar, Palmeiras decide demitir Alberto Valentim

Alberto Valentim tem a oferta do Palmeiras para seguir como auxiliar de Roger Machado

O clube informou que em um comunicado a decisão de não permanecer com o profissional.

Um dia após encontro sem definição, Palmeiras anuncia a dispensa de Alberto Valentim. Um dia antes, ele e a diretoria se reuniram em encontro para debater sobre o futuro. "Conhecedor de seu potencial técnico e agradecido pelo seu trabalho enquanto funcionário, o Palmeiras deseja muita sorte ao profissional no decorrer de sua carreira", escreveu o clube.

"Vamos conversar e entender como que vai ser. Nos próximos dias, depois desta conversa, ainda vamos decidir o que vai acontecer", disse Valentim. Após oficializar a contratação de Roger Machado, ex-Atlético-MG e Grêmio, como treinador para o próximo ano, o Palmeiras ofereceu ao interino a volta como auxiliar técnico fixo do clube - para trabalhar com os profissionais de confiança do novo comandante do time.

Alberto nunca negou a vontade de seguir sua carreira como treinador e havia recebido sondagens para comandar outras equipes do futebol brasileiro, embora tenha dito também que adorava o dia a dia no Alviverde. Retornou ao Alviverde após o estadual, a pedido de Cuca, campeão nacional com ele entre os auxiliares em 2016, que retornava ao clube em maio.

Nos 11 jogos sob seu comando, a equipe somou seis vitórias, quatro derrotas e um empate. Obteve aproveitamento de 57,5% dos pontos, a equipe marcou 23 gols e sofreu 16.

Na tarde desta terça-feira, o Palmeiras anunciou em seu site oficial que decidiu pela não manutenção de Alberto Valentim em sua comissão técnica permanente, após ter feito proposta para o auxiliar continuar no clube mesmo com a chegada de Roger Machado.

Notícias relacionadas: