Mulher com útero transplantado dá à luz a bebê saudável nos EUA

Baylor University Medical Center

Pela primeira vez nos Estados Unidos, uma mulher que fez um transplante de útero deu à luz.

No caso dos EUA, a mulher nasceu sem útero e recebeu o orgão de uma doadora viva no ano passado, no Centro Médico da Universidade Baylor, em Dallas.

Segundo a porta-voz do hospital, Julie Smith, a data do nascimento, a cidade-natal e o nome da criança são mantidos em sigilo a pedido da família, para proteger sua privacidade.

De acordo com o New York Times, a mulher em causa não quis ser identificada.

O hospital Baylor possui um programa de transplante de útero e, até hoje, dez transplantes foram realizados.

Até o momento, apenas a Suécia já havia registrado fato semelhante já que, desde 2014, oito bebês de mães transplantadas nasceram no país.

A médica Liza Johannesson, cirurgiã que realiza transplante de útero e que deixou a equipe sueca para se juntar ao grupo de Baylor, classificou o nascimento como "muito emocionante".

Com este êxito, os pesquisadores acreditam que só nos Estados Unidos 50 mil mulheres podem ser candidatas a futuros transplantes. O procedimento tem 10 horas de duração, sendo que cinco horas são reservadas para remover um útero saudável e outras cinco horas para colocá-lo em outra mulher com alguma condição.

Em seguida, o órgão é removido para que a paciente interrompa os medicamentos imunossupressores, necessários para que o organismo não rejeito o órgão transplantado.

Notícias relacionadas: