Firmino Filho comenta sobre filiação ao PP de Ciro Nogueira

Lideranças de diversos partidos estiveram no evento de filiações do Progressistas

O senador piauiense Ciro Nogueira Filho - presidente nacional do Progressistas - falou da reunião que teve com a bancada de deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores nesta sexta-feira (01), em Teresina.

No Piauí, um dos momentos do partido aconteceu no dia 20 de fevereiro desse ano, quando lideranças políticas importantes vieram para o PP a convite do Senador Ciro Nogueira, que não vem brincando de fazer política e nem tão pouco tem poupado esforços no sentido de trazer o maior número de lideranças expressivas para o seu partido e isso ele tem conseguido com facilidade. Em entrevistas recentes, o senador já deixou claro que votará em Lula para presidente, caso, o petista seja realmente candidato em 2018. Em resposta, Firmino descartou a possibilidade de mudar de partido.

Dilma Rousseff afastada e com a assunção de Michel Temer, Ciro Nogueira abocanhou parcela significativa da burocracia Federal, em órgãos com poder financeiro inestimável, tais como a CEF- Caixa Econômica Federal, um verdadeiro super-ministério, o Ministério da Saúde, o maior orçamento da República e agora recentemente o Ministério das Cidades, verdadeiro oráculo de tudo quanto é prefeito que necessita financiar obras de pequeno e médio porte em todo o Brasil, valendo ressaltar ainda que, esses órgãos públicos, sob influência direta do Senador Ciro Nogueira, ele Ciro, os mantêm, como se costuma dizer, de porteira fechada.

Notícias relacionadas: