Alfa Romeo regressa à F1 com a Sauber

Alfa Romeo regressa à Fórmula 1

O dia foi de novidades para a Sauber neste sábado.

Sergio Marchionne, presidente-executivo da FCA, considera que "este acordo entre a Alfa e a Sauber é um passo importante no relançamento da marca Alfa Romeo e traduz o regresso à F1 depois de mais de 30 anos de ausência". O próprio piloto alemão havia admitido que dificilmente seria mantido na equipe para 2018 e, agora, vê a Williams como sua última oportunidade de se manter na categoria na próxima temporada.

A principal aposta era de que Antonio Giovinazzi, que chegou a disputar duas provas pela Sauber em 2017, ficaria com a vaga.

Esta tem sido uma semana de anúncios na Sauber: primeiro, o time confirmou o retorno da marca Alfa Romeo, que será a nova parceira, assumindo o selo dos motores Ferrari para a próxima temporada. E o desenho foi bastante alterado. O logotipo da tampa do motor é branco, destacando-se acima do vermelho.

Isto em função da parceria com a Alfa Romeo.

Não é o carro de 2018 da Sauber que vimos neste sábado em Arese, Milão, sede da Alfa Romeo, mas o carro de exposições não deixa dúvidas: a fábrica italiana se apodera do design da equipe suíça.

O acordo inclui cooperação estratégica, comercial e tecnológica para o desenvolvimento de todas as áreas envolvidas na F1, incluindo o acesso à engenharia e à experiência técnica da equipa da Alfa Romeo.

Notícias relacionadas: