Com aval de Maia, Temer deve indicar Baldy para Ministério das Cidades

NILTON FUKUDA  ESTADÃO CONTEÚDO  AE

Baldy está de saída do Podemos e a ideia é não se filiar por enquanto a nenhuma outra legenda para "não tumultuar", nas palavras de um aliado de Temer.

Alexandre Baldy é próximo a Rodrigo Maia (DEM-RJ). O jantar foi organizado como festa de aniversário de Rodrigo Maia. Peemedebistas dizem que ele é um bom nome para o ministério desde que entre no partido.

O deputado goiano, se indicado para a equipe de Michel Temer, não sabe ainda se ficará no cargo até abril e se desincompatibilizará para disputar as eleições de 7 de outubro ou se permanecerá até o final do mandato do presidente.

Daniel Vilela disse ao Jornal Opção que Alexandre Baldy é um "político altamente qualificado" e "prestigiado em Brasília". Ele é empresário em Anápolis.

A indicação de Baldy para a pasta, além de contar com o apoio de Maia, tem também o aval do PMDB e do PP. Baldy é considerado próximo a Maia.

Na área federal, quatro goianos ocupam destaque: Laurita Vaz na presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministros do TST Delaide Arantes e Breno Medeiros, e Raquel Dodge, procuradora-geral da República.

Notícias relacionadas: