Justiça condena ex-ministra que acusou Nadal de doping a indenizar tenista

Rafael Nadal

A justiça francesa anunciou nesta quinta (16) a condenação de Roselyne Bachelot, ex-ministra dos esportes do país, por ter acusado Rafael Nadal de doping.

Além disso, a ex-ministra terá de pagar a Nadal 10 mil euros por danos e outros dois mil por custas judiciais. O valor de 38 mil reais corresponde à condenação por danos morais e difamação além dos custos totais do processo.

Em março de 2016, Roselyne Bachelot foi entrevistada pelo programa "Le Grand 8" e acusou Rafael Nadal de se dopar, dizendo que "sua lesão, que durou sete meses, certamente é devido a um controle positivo".

A defesa do tenista tinha reclamado uma indemnização de 100 mil euros. Em caso de reincidência, a ex-ministra deverá pagar 500 euros (R$ 1,9 mil) ao esportista. As afirmações foram imediatamente desmentidas pelo Toro Miúra, que acionou a justiça.

Notícias relacionadas: