Portugal e Estados Unidos empatam a uma bola

Portugal e Estados Unidos entram em campo nesta terça em Leiria

"Em Leiria, a Sele".

O ano 2017 terminou para a selecção portuguesa com um empate (1-1) e sem derrotas (após encontros).

Aos 21, McKennie, jovem meia-atacante do Schalke 04 que fazia sua estreia pela seleção, recebeu de Sapong na entrada da área, limpou o marcador e bateu firme no canto do goleiro Beto para abrir o placar.

A Seleção Nacional empatou com os Estados Unidos (1-1), nesta terça-feira, em jogo particular de caráter solidário. Fernando Santos promoveu a estreia de Ricardo Ferreira e de Gonçalo Paciência na equipa principal de Portugal, e os regressos de Beto e Antunes. Até ao final do encontro, o resultado não mais mexeu. A resposta portuguesa chegou dez minutos depois, com um golo de Antunes, que teve no guarda-redes dos Estados Unidos o maior culpado.

Em desvantagem, Portugal continuou a praticar um futebol lento e com muitos passes falhados, mas o golo do empate acabou por 'cair do céu' graças ao guarda-redes Ethan Horvath.

A Dinamarca qualificou-se hoje para o Mundial de futebol de 2018 na Rússia, ao golear em casa da República da Irlanda por 5-1, em jogo da segunda mão dos 'play-offs' europeus, disputado em Dublin. Os dois jogadores do Sporting passaram completamente ao lado do encontro.

Pouco depois não foi Beto, mas sim a barra da baliza lusa que impediu McKennie de 'bisar' e dar nova vantagem aos Estados Unidos. O avançado do Vitória de Setúbal esteve perto do 2-1 quando aos 67′ minutos atirou a bola à trave dos EUA.

O único lance de destaque aconteceu com Gonçalo Paciência, que acertou com estrondo na barra, num remate executado já dentro da área. E, ainda antes de qualquer lance de perigo, a equipa nacional já sofria uma contrariedade: Pepe, lesionado, teve de sair.

Notícias relacionadas: