Robert Kubica completa primeiro teste com a Williams

Renault  Twitter,Reprodução

O piloto polonês Robert Kubica completou um teste de um dia com a Williams em Silverstone nesta quarta-feira, parte do seu esforço para voltar à Fórmula 1 depois de sete anos de ausência. Há semanas começou a falar-se insistentemente no interesse da Williams em Robert Kubica, até que a equipa decidiu dar-lhe uma oportunidade ao conceder-lhe um teste com o carro de 2014, fazendo o mesmo com Paul di Resta, que tem colaborado com a formação britânica de há uns anos para cá.

- Se Robert não tivesse sofrido seu acidente, acho que ele já seria campeão mundial agora - declarou Ecclestone ao site Autosport. Então eu só consigo ver boas coisas para ele. Será bom para a F1.

Ecclestone sabe que a vinda de Kubica significaria a ida de Felipe Massa.

"Se eu fosse a Williams, definitivamente tentaria persuadi-lo a participar (do seu projeto)". Talvez eles percam o Felipe Massa no fim do ano, mas eu acho que talvez o tempo dele tenha chegado. Se é só por causa dos pilotos ou da equipe em geral, eu não sei.

Ecclestone comentou o fato de Nico Rosberg ter assumido o papel de empresário de Kubica, que mostra que muitas pessoas acreditam piamente na capacidade do piloto ainda ser apto a guiar em alto nível.

Apesar de dizer que deu tudo certo com o dia de testes de Robert na Inglaterra, a Williams preferiu guardar as informações acerca do número de voltas completadas e dos tempos dos giros rápidos que o polonês fez.

Kubica fará um teste "para valer" na próxima semana, em Hungaroring, na Hungria. Acredita-se que a experiência será realizada antes do GP dos EUA, com Paul Di Resta pilotando em um dos dias de testes.

Notícias relacionadas: