Daiello permanece no comando da PF, diz ministro da Justiça

Leandro Daiello permanecerá no comando da Polícia Federal, afirma ministro

O diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello, foi convidado pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, a continuar no comando da instituição. A pedido do ministro, Daiello aceitou permanecer no cargo por mais um período, que não foi determinado. Alegando estar cansado, o diretor-geral da PF pôs o cargo à disposição e queria se aposentar. Ao Poder360, afirmou que o diretor-geral ficará "até quando for necessário para a instituição".

Daiello está à frente da PF desde janeiro de 2011, no início do mandato do 2º governo de Dilma Rousseff. Precisamos dar continuidade à preparação da nova Política Nacional de Segurança Pública e à modernização da Polícia Federal com mais atuação em tecnologia e internacional. Antes de decidir pela permanência de Daiello no comando da Polícia Federal, Torquato Jardim já deu declarações à imprensa admitindo que poderia efetuar trocas no alto escalão da corporação, que ganhou destaque nos últimos anos em razão das investigações no âmbito da Operação Lava Jato. Rogério Galloro foi cotado para substituir o diretor-geral e chegou a ser visto em um encontro com o ministro.

Notícias relacionadas: