Sport bate Ponte na Sul-Americana; San Lorenzo vence na Libertadores

Sport Club do Recife

O Sport deu um passo importante na noite desta quarta-feira em busca de um feito histórico entre os times do Nordeste: avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O gol no primeiro lance do jogo deu a tranquilidade que o Sport precisava para trabalhar a posse de bola. Na base da insistência, o Leão saiu em vantagem, quando Mena cobrou o escanteio e Diego Souza cabeceou para milagre de Aranha.

Sem vencer há seis jogos no Brasileirão, o Sport tirou um pouco da pressão em cima do técnico Vanderlei Luxemburgo ao derrotar a Ponte Preta por 3 a 1. O gol feito nos minutos finais dá a Ponte Preta o direito de vencer por 2 a 0 em casa para avançar.

O técnico Gilson Kleina adiantou o time da Ponte Preta ao colocar Renato Cajá na vaga de Elton no intervalo. E, quanto tinha que marcar, sofria para segurar as descidas pela esquerda, nas costas do Nino Paraíba.

Visando se reabilitar com a torcida, por estar em má fase, o Sport foi a campo motivado e indo para cima desde o primeiro minuto de partida. Por fim, numa finalização de fora da área, a bola desviou em Luan Peres e explodiu na trave. Raul Prata tentou cruzar na pequena área e a marcação interveio. Também livre, André só empurrou para o fundo das redes.

O jogo entre Sport e Ponte Preta será transmitido ao vivo no canal SporTV. Ele chutou de primeira após passe de Claudinho.

No sábado, às 21 horas, a Ponte Preta recebe o Atlético-GO no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Enquanto isso, o Corinthians decepcionou em casa e o Flamengo empatou com a Chapecoense.

SPORT - Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Durval e Mena; Patrick, Rithely, Sander e Diego Souza; Lenis (Rogério) e André (Anselmo).

Antes de reencontrar o Sport, a Ponte Preta volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, onde a equipe também não vem em seu melhor momento. Os mandantes pressionaram o máximo que puderam, contudo não foram efetivos o suficiente para alcançar o segundo tento e ampliar o placar diante dos torcedores.

A primeira etapa já se encaminhava para o fim, quando Rithely, aos 44 minutos, após uma cobrança de escanteio, de cabeça, mandou balançou mais uma vez a rede do goleiro Aranha.

Para a partida, o técnico Gilson Kleina não terá o atacante Emerson Sheik, que será poupado por conta do desgaste físico, e deve ser substituído por Léo Gamalho, que foi inscrito na competição com Danilo Barcelos e Felipe Saraiva.

Notícias relacionadas: