Santos garante resultado positivo na Libertadores — Opinião

Levir Culpi conversou muito com os jogadores do Santos

O time da casa chegou ao empate aos 33 da etapa final, com Jonatan Álvez. Castillo antecipou cruzamento na pequena área e, cara a cara com Vanderlei, é parado pelo goleiro, que fez mais um milagre.

Igualdade por dois ou mais gols garante o Barcelona-EQU nas quartas de final contra o vencedor do duelo brasileiro entre Botafogo e Grêmio. A equipe brasileira se defendia bem, mas não conseguia criar jogadas, pois os jogadores da frente estavam distantes uns dos outros e a bola não ficava muito tempo no campo de ataque. Díaz cobrou escanteio na área e Jonathan Alvez se antecipou à marcação para desviar de cabeça e empatar o jogo. Há de se aproveitar mais do seu domínio do que no jogo contra o Atlético Paranaense nas oitavas, onde mesmo com a vitória o peixe sofreu com pressão do início ao fim. Com ele em campo, o provável Peixe titular deve ser esse: Vanderlei; V. Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato, Alison e Lucas Lima; Bruno Henrique, Ricardo Oliveira e Thiago Ribeiro.

A bola parada que oferecia perigo durante o primeiro tempo foi o lance do gol. Renda: R$ 1.663.110,00. Público: 30.747 pagantes. Local: estádio Isidro Romero Carbo, em Guayaquil (Equador), na noite desta quarta-feira, 13.

Com este resultado, o Santos pode até empatar sem gols na Vila Belmiro, no jogo de volta, na próxima quarta-feira, que ainda assim avança para a semifinal da Libertadores.

Sólido na defesa, o Santos resistiu à pressão no Estádio Monumental em Guayaquil, empatou em 1 a 1 com o Barcelona do Equador ontem e está perto das semifinais da Libertadores. Os jogos de volta serão quarta-feira que vem.

Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Bruno Silva, João Paulo (Rodrigo Lindoso) e Leo Valencia (Marcus Vinícius); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger.

Notícias relacionadas: