Grêmio, do rio-pretense Luan, pega Bota

Reprodução

"Temos que ser os mesmos independentemente de resultado", disse Jair. Depois de passar por exames, ele foi diagnosticado com uma lesão no ligamento e passará por uma cirurgia. Fizemos um grande jogo contra o Bahia, depois contra o Flamengo e agora vamos com a cabeça boa enfrentar o Grêmio.

Com um edema na coxa direita, o meia-atacante Luan está praticamente vetado para o duelo. Ele não trabalhou com o grupo no Rio de Janeiro, ficando apenas no hotel para realizar fisioterapia.

No Grêmio a grande dúvida é justamente a presença de Luan. A tendência é que retorne ao time só na próxima semana.

Assim como a do Grêmio, a escalação do Botafogo é um mistério.

De um lado o Grêmio, dono de dois títulos da Libertadores comandado pelo técnico e ídolo histórico Renato Gaúcho cujo futebol apresentado em 2017 é considerado o "mais bonito" em terras nacionais. Venceu com autoridade o clássico contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro e está invicto há 16 partidas. Ele será poupado pois a comissão técnica o quer 'inteiro' no dia 20, na Arena, quando serão mais 90min de decisão contra a equipe carioca. Neste caso o meio teria Arthur, Ramiro mais recuado, Arroyo e Fernandinho.

Do outro o Botafogo, em busca de sua primeira conquista continental e que já derrubou diversos campeões na atual edição do torneio - Colo-Colo, Olimpia, Atlético Nacional, Estudiantes e Nacional-URU. A partida acontece às 19h15 (horário de Brasília), no Nuevo Gasómetro, campo do San Lorenzo, em Buenos Aires.

Quem aumentou as dúvidas quanto a sua utilização no jogo de amanhã foi o zagueiro, Pedro Geromel. Vendedora de sonhos, a competição sul-americana abre hoje as quartas de final com quatro clubes obcecados pelo troféu: Botafogo, Lanús (Argentina), Barcelona (Equador) e Jorge Wilsterman (Bolívia) jamais deram a volta olímpica e precisam desbancar camisas pesadas para evitar frustrações. O duelo está marcado para as 21h45 (de Brasília).

Chaveamento. As semifinais podem reunir confrontos entre brasileiros, de um lado, e argentinos, do outro.

Até hoje o Grêmio conseguiu 13 assistências que terminaram com a bola na rede com participação baixa de cruzamentos durante os ataques, 11,9%.

Notícias relacionadas: