Barcelona investiga furgão suspeito próximo à Sagrada Família

Gustau Nacarino  Reuters

No Twitter, a polícia catalã informou que uma van suspeita está sendo investigada nas imediações da Sagrada Família e pediu que as pessoas evitem a região.

A polícia de Barcelona descartou, esta noite de terça-feira, que uma carrinha estacionada nas imediações da basílica da Sagrada Família, que mandou evacuar, contivesse "material perigoso".

Os Mossos d'Esquadra enviaram para o local diversas unidades para perceberem se a ameaça terrorista seria verdadeira, ou não.

Os agentes "finalizaram as verificações em redor da Sagrada Família".

A polícia catalã evacuou não só a Sagrada Família como também os estabelecimentos comerciais próximos "para garantir o trabalho policial", razão pela qual cortaram igualmente a circulação nas ruas Provença, Roselló e Sardenya, recomendando aos cidadãos que procurem um itinerário alternativo.

Na origem deste dispositivo esteve inicialmente um aviso recebido pelos Mossos d'Esquadra, que foi emitido pelo Centro de Inteligência contra o Terrorismo e Crime Organizado (CITCO) espanhol. Na semana passada, as autoridades chegaram a encerrar as estações da linha 3 do metro de Barcelona, em Fontana e Lesseps, também devido a um falso alarme. Entre as vítimas mortais contam-se duas mulheres de nacionalidade portuguesa, que foram atropeladas nas Ramblas.

Notícias relacionadas: