"Este plantel está pronto para todas as competições" — Rui Vitória

Na conferência de imprensa realizada hoje no Estádio da Luz, em Lisboa, o técnico dos vice-campeões russos disse que tem a equipa praticamente na máxima força e destacou a influência do brasileiro Jonas na dinâmica ofensiva dos tetracampeões nacionais.

Sobre o CSKA, rival que o campeão português vai receber na Luz, o treinador garante ter noção da dificuldade da tarefa que tem pela frente: "Vamos encontrar um adversário difícil, que tem tido resultados positivos fora de casa".

"Se amanhã tiver de jogar, estará em condições, mas temos de ver qual a altura melhor para ele ir para dentro de campo, se está seguro e confiante para isso. Nós estudámos muito bem o Benfica e pensamos que todos estão bem", afirmou o treinador bielorrusso.

"Não posso fazer comparação dos jogos da liga com este jogo". Temos de ser uma equipa organizada e concentrada, estar atenta a todos os pormenores, pois todos os pormenores fazem a diferença. Ainda não falei com o Jonas, mas antes do jogo vamos falar.

"A equipa está muito bem".

"Joguei com o Jonas, é uma grande pessoa".

No entanto, os elogios do jogador, de 26 anos, foram extensíveis ao coletivo dos 'encarnados', com especial relevo para o setor ofensivo da formação comandada por Rui Vitória, antecipando, por isso, um jogo "difícil" para o CSKA Moscovo. "É claro que o empate fora de casa não é um mau resultado, mas vamos tentar ganhar a partida", finalizou.

É este o raciocínio de Rui Vitória quando cruza o passado recente do Benfica no campeonato com a estreia nas provas europeias nesta temporada, na terça-feira, diante do CSKA Moscovo.

Notícias relacionadas: