Bovespa fecha em máxima histórica com alívio em cena política e exterior

Telão eletrônico na bolsa de valores de São Paulo

O Ibovespa, o principal índice da B3 (bolsa de São Paulo), fechou o dia em 74.319 pontos e bateu seu recorde histórico.

O maior número já atingido era de 73.516 pontos, marcados em 20 de maio de 2008.

A melhora do cenário político, somada às expectativas de aprovação das reformas do governo têm influenciado o desempenho do mercado de ações no Brasil.

O exterior também favoreceu o tom positivo, com a redução das preocupações com as tensões geopolíticas após a Coreia do Norte não conduzir novos testes nucleares e com alívio após o enfraquecimento da tempestade Irma.

Para o economista-chefe da corretora Modalmais, Alvaro Bandeira, o cenário principal para o mercado acionário brasileiro segue de alta, com a possibilidade de o Ibovespa fechar o ano no patamar dos 77 mil pontos. Em Wall Street, o S&P 500 avançou 1,1%.

- A ELETROBRAS ON subiu 7,11 por cento e a ELETROBRAS PNB cresceu 6,23 por cento, entre as maiores elevadas do Ibovespa, com perspectivas de progresso nos planos de privatização da empresa.

Entre os destaques de alta estavam a Vale, CSN, Usiminas e a Gerdau. Também no fundo havia uma autorização de prisão dos executivos da J & F.

Utilize o espaço para fins comerciais ou publicitários, compreendidos, inclusive: spam, correspondência corporativa e comunicações com finalidade comercial (prospecção de negócios, venda de serviços e mercadorias, ainda que relacionados à pessoa física, etc.) ou uso relacionado com negócios, ou que anuncie ou ofereça a venda de produtos ou serviços (com ou sem fins lucrativos) ou que solicitem outros usuários ou terceiros (incluindo pedidos para contribuições ou donativos).

Notícias relacionadas: