CEO da Pokémon Company não acreditava no sucesso do Nintendo Switch

Nintendo Switch vende 1,6 milhões de unidades no Japão e supera ritmo do PS4

Em primeiro lugar, Ishihara falou que o novo console da Nintendo vai permitir que os desenvolvedores mostrem mais do universo.

Antes do update, as opções dos games que exibiam a possibilidade de jogar online apresentavam um erro, visto que elas ainda não estavam liberadas para as contas brasileiras.

O executivo, afirma que aprendeu com essa experiência, pois, percebeu que a chave do sucesso era bem simples, software com qualidade absoluta impulsiona as vendas do hardware.

A Nintendo Switch tornou-se num sucesso que poucos poderiam prever, pelo menos nesta escala, ao ponto de ter surpreendido a própria Nintendo que tem enfrentado dificuldades para satisfazer a procura. "O estilo de jogo pode ser flexível se o software for atraente o bastante".

"Atualmente, o Switch é popular entre aqueles que compraram o console no lançamento e precisa dar mais um passo para atrair uma audiência maior". "Com o Switch, nós vemos uma chance de criar um Pokémon mais profundo e com um nível de expressão mais alto". Como resultado, isso faz com que o Switch seja uma plataforma extremamente importante.

Até o dia 30 de junho, o Nintendo Switch já havia vendido mais de 4,7 milhões de unidades mundialmente, abrangendo mais de 13.6 milhões de games vendidos. "Então da nossa perspectiva, não é muito diferente do DS ou 3DS em termos de conectividade." .

"Até agora, os jogos foram feitos para uma pessoa, mas agora, você pode ir em casa e jogar com todo mundo". Não ficou claro se o console se foca nos aspectos sociais ou em um jogo online mais familiar.

"Não posso revelar se vamos lançar acessórios, mas gosto muito de pensar nessa possibilidade". Possivelmente, só teremos novas informações de Pokémon para Switch na E3 2018.

Notícias relacionadas: