Paraná vence o ABC-RN por 1x0 na Vila Capanema

Tricolor recebe ABC na Vila buscando a reabilitação na Série B

PARANÁ : Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Zezinho (Gabriel Dias, intervalo) e Renatinho (Murilo Rangel, 37'2ºT); Minho (Felipe Augusto, intervalo), Robson e Alemão - Técnico: Lisca. Mais uma vez, Lucas Coelho apareceu bem. Cristovam roubou a bola, Renatinho acionou Alemão e o atacante girou batendo cruzado rente à trave. Por outro lado, o ABC conheceu a sétima derrota em 10 partidas como visitante nesta Série B e estacionou nos 16 pontos, na 19.ª e penúltima colocação.

Apesar de estar jogando fora de seus domínios, o time alvinegro iniciou o duelo com duas boas chances em sequência. Na primeira Róbson deu uma virada, a bola passou por Edson e se chocou no travessão, no rebote Zezinho chutou e viu a bola bater novamente no travessão. Quatro minutos depois, Alemão foi derrubado por Márcio Passos dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. O lance empolgou a torcida presente na Vila Capanema. Na cobrança, Renatinho bateu com tranquilidade e fez.

Quase que o ABC empate logo aos dois minutos do segundo tempo. Ele completou de cabeça a cobrança de falta na intermediária e a bola passou muito perto, assustando Richard. Na primeira o centroavante pegou de frente para o gol e concluiu mal, mas na segunda tentativa Victor Júnior entrou na área, passou para Dalberto, que chutou, a zaga rebateu e a bola sobrou para Coelho, que chutou para uma grande defesa de Richard.

O Paraná quase ampliou com o zagueiro Eduardo Brock.

Tricolor, que havia goleado nos últimos jogos em casa, ganhou pelo placar simples.

Depois do susto, os paranistas encaixaram melhor a marcação, equilibraram a situação em campo e assustaram o goleiro do ABC, quando numa roubada de bola, a bola foi tocada para Alemão, que recebeu na área e virou para o gol, por sorte dos natalenses a bola foi pela linha de fundo.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 21.ª rodada. Nos minutos finais, o ABC tentou esboçar uma pressão, mas o Paraná estava bem postado na defesa e segurou a magra, porém importante vitória.

Notícias relacionadas: