Neílton perde pênalti, Avaí bate Vitória e pressiona mais o São Paulo

Avaí quer surpreender o Vitória no Barradão

A equipe rubro-negra acabou punida pelo excesso de oportunidades perdidas. Apesar do placar favorável, um dos principais nomes do Leão na partida foi novamente o goleiro Douglas, que operou alguns milagres.

O Avaí dá o pontapé inicial do segundo turno do Brasileiro neste sábado, contra o Vitória, no Barradão. Com o resultado, o Avaí pulou para a 17ª posição, com 21 pontos somados, enquanto o Vitória se manteve na 19ª colocação, com 19 pontos. Já o Avaí jogará em casa e o adversário será o São Paulo, em mais um confronto direto na luta para deixar o Z-4. O primeiro pressionando pelo gol e o segundo apenas na defesa e esperando o momento de um bom contra-ataque. Quando o relógio marcava 27 minutos do segundo tempo, Júnior Dutra recebeu lançamento, passou por Fernando Miguel e chutou com tranquilidade para o fundo do gol. O auxiliar próximo ao gol marcou o pênalti, que gerou bastante reclamação dos catarinenses. Na cobrança, Neilton tirou do goleiro, mas mandou por cima do gol, decepcionando os torcedores que compareceram ao Barradão. Os lances seguintes do final do primeiro tempo e começo do segundo seriam de mais oportunidades de gol para o time da casa, todas parando nas mãos de Douglas. Natural de Serrinha, cidade do interior baiano, o lateral-esquerdo contou com a presença de grande parte de sua família na vitória da sua equipe por 1 a 0 sobre o Vitória, no Barradão. "Fico triste porque era um jogo para a gente ganhar e que eu não pude aproveitar as oportunidades", disse o atleta.

Jogando com apoio do torcedor, o Vitória foi em busca do gol, porém foi ineficiente no ataque. Aos sete minutos, Neilton foi conduzindo a bola até a entrada da área e acionou na direita Patric, que acabou errando o alvo após cortar o zagueiro, batendo por cima do gol. As próximas duas partidas do Avaí serão novos confrontos diretos contra a degola do Brasileirão, contra São Paulo (17º colocado) e Chapecoense (16º).

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Bruno Bispo e Juninho; Ramon, Uillian Correia (Jhemerson) e Patric (Danilo); David (Júnior), Neilton e Tréllez.

AVAÍ: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Wellington Simião, Luan e Pedro Castro (Luan Pereira, aos 17'/2ºT); Willians (Maurinho, aos 30'/2ºT), Romulo e Júnior Dutra (Diego Tavares, aos 37'/2ºT).

Gols: Junior Dutra (A), aos 29' do 2T.

Notícias relacionadas: